A jornada da decisão do consumo de música na era digital por parte do consumidor jovem

Cecilia Mattoso, Felipe Genes

Resumo


Este artigo buscou analisar como se dá a jornada de decisão dos jovens cariocas com alto capital cultural, no que tange ao consumo de música popular. Mais especificamente, buscou-se identificar as etapas e influências que ocorrem na jornada de decisão de jovens com alto capital cultural, residentes do município do Rio de Janeiro, sobre o consumo de música popular.  Para tanto foi utilizada uma abordagem qualitativa com a realização entrevistas em profundidade. Estes jovens cariocas decidem a música popular que vão consumir e em qual plataforma vão consumi-la com base em sugestões de amigos, dos formadores de opinião da internet e na disponibilidade e facilidade das plataformas digitais.  Os critérios de escolha são bastante variados, mas emergiu um critério de segmentação bastante interessante para o mercado, os aficionados e os não exigentes. As plataformas de streaming vão se ver obrigadas a agregar funcionalidades de outros serviços, fora da indústria da música. Os jovens entrevistados consideram suas experiências em outros serviços e plataformas ao avaliar os serviços de streaming. Com relação a estudos de consumo, vislumbra-se um modelo de processo decisório que não é linear, mas sim uma jornada de idas e vindas, com a avaliação e comparação dos serviços de forma mais ampla, incluindo outros setores, com diversas influências e em constante mutação, indicando a necessidade de ter-se mais foco, não somente no entendimento do comportamento do consumidor, mas também nas dinâmicas de mercado.


Texto completo:

PDF

Referências


ARNOULD, E. J.; THOMPSON, C. J. Consumer Culture Theory (CCT): Twenty years of research. Journal of Consumer Research, v. 31, n. 4, p. 868-882, 2005.

EDELMAN, D. C.; SINGER, M. Competing on customer journeys. Harvard Business Review, v. 93, n. 11, p. 88-100, 2015.

JIN, S. A.; PHUA, J. Following celebrities’ tweets about brands: The impact of Twitter-based electronic word-of-mouth on consumers’ source credibility perception, buying intention, and social identification with celebrities. Journal of Advertising, v. 43, n. 2, p. 181-195, 2014.

McCRACKEN, G. Cultura e consumo II: mercados, significados e gerenciamento de marcas. Rio de Janeiro: MAUAD, 2012.

NGUYEN, G. D.; DEJEAN, S.; MOREAU, F. On the complementarity between online and offline music consumption: the case of free streaming. Journal of Cultural Economics, v. 38, n. 4, p. 315-330, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.22398/2525-2828.5146-24

A Revista está listada nos seguintes indexadores e repositórios:

LATINDEX: https://www.latindex.org

PORTAL DE PERIÓDICOS CAPES: http://www.periodicos.capes.gov.br

DOAJ - https://goo.gl/f862GM

Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras - http://diadorim.ibict.br/handle/1/1649

Sumarios.org - https://goo.gl/AJe9GY

LatinREV - Rede Latinoamericana de revistas acadêmicas do campo das ciências sociais e humanidades - http://flacso.org.ar/latinrev/ 

REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) - https://www.redib.org/

____________

ESPM Rio
Rua do Rosário 90 - Centro - Rio de Janeiro - 20.041-002 - RJ
revistadcec-rj@espm.br
ISSN 2525-2828 

 

Licença Creative Commons

A Diálogo com a Economia Criativa está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.