O processo de criação de narrativas entre estudantes de graduação de Design/Animação

Marcus Tadeu Tavares

Resumo


De que forma os estudantes do Ensino Superior, em cursos voltados para a animação, experimentam e vivenciam a arte de criar histórias, narrativas e roteiros? Como lidam com o entendimento e o processo de elaboração dos itens de uma bíblia de produção/comercialização de séries de animação? De que forma o processo impacta na sua experiência universitária/profissional e no dia a dia como consumidor de animação? Com o objetivo de responder tais perguntas, uma pesquisa de caráter exploratório e quantitativa foi realizada junto a um grupo de estudantes egressos do 5º período do curso de Design, com ênfase em animação, da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), unidade Rio de Janeiro, que havia participado da disciplina Projeto V: Storytelling, Transmídia e Advergames. Os dados apurados revelam que os estudantes têm uma percepção positiva do processo de construção de narrativas, compreendendo os meandros da criação, o que oportuniza novos olhares e conhecimentos acadêmicos e profissionais.


Texto completo:

PDF

Referências


BAUER, M.W. Análise de conteúdo clássica: uma revisão. In: M.W. Bauer e G. Gaskell (Orgs.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som: um manual prático. Petrópolis: Vozes, 2002.

COMPARATO, DOC. Da criação ao roteiro. São Paulo: Summus, 2009.

DIGITAL VECTOR. Global animation industry: strategies, trends & opportunities. [S.l.], 2017.

FIELD, Syd. Manual do Roteiro. Rio de Janeiro: Objetiva, 2001.

JENKINS, Henry. Cultura da Conexão. São Paulo: Aleph, 2014.

MANGUEL, Alberto. A cidade das palavras. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

MCKEE, Robert. Story. Curitiba: Arte & Letra, 2006.

MINAYO, M.C. de S. (Org..). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Rio de Janeiro: Vozes, 2003.

MORDOR INTELLIGENCE. Animation and vfx market - growth, trends, covid-19 impact, and forecasts (2021 - 2026). Disponível em: https://www.mordorintelligence. com/industry-reports/animation-and-vfx-market?gclid=EAIaIQobChMI1I70rfmI8QIvo gmICR2dZwwkEAAYASAAEgIsL_D_BwE. Acesso em: 8. Jun. 2021.

MOVSHOVITZ, Dean. Pixar Storytelling. USA, 2015.

NESTERIUK, Sergio. Dramaturgia de série de animação. São Paulo: Sergio Nesteriuk, 2011.

NIKO, Diego; ZENDRON, Patrícia. O mercado consumidor de animação no Brasil. BNDES Set., Rio de Janeiro, v. 25, n. 49, p. 7-27, mar. 2019.

RODRIGUES, SONIA. Como escrever séries. São Paulo: Aleph, 2014.

SNYDER, Blake. Save the Cat! Michigan: Sheridan Books, 2005.

SURRELL, Jason. Os segredos dos roteiros da Disney. São Paulo: Panda Books, 2009.

TAVARES, Marcus. Impasses na construção da política pública de produção audiovisual para crianças e adolescentes nos anos 2000. Tese (doutorado) – Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Departamento de Educação, 2013.

TUBAU, Daniel. Las paradojas del guionista. Barcelona: Alba Editorial, 2006.

VERGARA, Sylvia Constant. Métodos de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 2005.

VOGLER, Christopher. A jornada do escritor. São Paulo: Aleph, 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.22398/2525-2828.61832-42

A Revista está listada nos seguintes indexadores e repositórios:

LATINDEX: https://www.latindex.org

PORTAL DE PERIÓDICOS CAPES: http://www.periodicos.capes.gov.br

DOAJ - https://goo.gl/f862GM

Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras - http://diadorim.ibict.br/handle/1/1649

Sumarios.org - https://goo.gl/AJe9GY

LatinREV - Rede Latinoamericana de revistas acadêmicas do campo das ciências sociais e humanidades - http://flacso.org.ar/latinrev/ 

REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) - https://www.redib.org/

____________

ESPM Rio
Rua do Rosário 90 - Centro - Rio de Janeiro - 20.041-002 - RJ
revistadcec-rj@espm.br
ISSN 2525-2828 

 

Licença Creative Commons

A Diálogo com a Economia Criativa está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.