“Cuidado, meu bem, há perigo na esquina”: posicionamento e identidade de marca na campanha o novo sempre vem

Júlia Moschen Tissot, Mauricio Barth, Gustavo Roese Sanfelice

Resumo


Uma mesma imagem é capaz de transmitir inúmeras interpretações, com significantes e significados que variam de acordo com a ótica de quem a interpreta. Dessa forma, o presente trabalho tem como objetivo analisar, a partir do prisma imagético, a peça audiovisual principal que compõe a primeira campanha institucional desenvolvida pela fintech brasileira Nubank. Foram analisadas as mensagens icônicas e simbólicas presentes no vídeo divulgado pela marca no Youtube, tendo como base a teoria da análise da imagem de Roland Barthes (1990). Ao final do estudo, as análises detalhadas dos keyframes permitiram o conhecimento da mensagem que a marca desejou comunicar, assim como detalhes de seu posicionamento e da sua identidade de marca.

Texto completo:

PDF

Referências


AAKER, David A. Construindo marcas fortes. Porto Alegre, RS: Bookman, 2007.

______. On branding: 20 princípios que decidem o sucesso das marcas. Porto Alegre, RS: Bookman, 2015.

ALMEIDA, Giovana Goretti Feijó de. Marcas, branding e o tripé de branding: uma proposta metodológica. BrandTrends Journal, ano 06, v. 10, n. 10, abril 2016.

ARNER, Douglas W.; BARBERIS, Janos Nathan; BUCKLEY, Ross P. The Evolution of Fintech: A New Post-Crisis Paradigm? 2015. Disponível em: Acesso em: 10 out. 2018.

BARTHES, Roland. O óbvio e o obtuso: ensaios sobre fotografia, cinema, teatro e música. Rio de Janeiro, RJ: Nova Fronteira, 1990.

BURTENSHAW, Ken; MAHON, Nik; BARFOOT, Caroline. Fundamentos de publicidade criativa. Porto Alegre, RS: Bookman, 2010.

EZHOVA, E. Communication strategies in public service advertising. 2018 IEEE Communication Strategies in Digital Society Workshop, ComSDS 2018; St. Petersburg; Russian Federation; 11 April 2018 through 11 April 2018; Category numberCFP18P41-ART; Code 136297. Proceedings of the 2018 IEEE Communication Strategies in Digital Society Workshop, ComSDS 2018, Volume 2018-January, 4 May 2018, p. 15-18.

KELLER, Kevin Lane. Measuring, and Managing Customer-Based Brand Equity. Journal of Marketing, v. 57, n. 1, p. 1-22, janeiro-1993.

KÖCHE, José Carlos. Fundamentos de metodologia científica: teoria da ciência e iniciação à pesquisa. 34. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014.

KOTLER, Philip. Administração de marketing: a edição do novo milênio [recurso eletrônico]. 10 ed. São Paulo, SP: Pearson, 2000.

______; KELLER, Kevin Lane. Administração de marketing. 14. ed. São Paulo, SP: Pearson Education do Brasil, 2012.

LEITE, Francisco Tarciso. Metodologia Científica: métodos e técnicas de pesquisa: monografias, dissertações, teses e livros. Aparecida, SP: Ideias & Letras, 2008.

MALHOTRA, Naresh K. Pesquisa de Marketing: Uma Orientação Aplicada. 6. ed. Porto Alegre, RS: Bookman, 2012.

MARCONI, Marina de Andrade; LAKATOS, Eva Maria. Fundamentos de metodologia científica. 8. ed. São Paulo, SP: Atlas, 2017.

SERRALVO, Francisco Antonio; FURRIER, Márcio Tadeu. Fundamentos do posicionamento de marcas: uma revisão teórica. 2004. Disponível em: Acesso em: 8 mar. 2019.

SIFF, S. “Why Do You Think They Call It Dope?”: Richard Nixon’s National Mass Media Campaign Against Drug Abuse. Journalism and Communication Monographs, Volume 20, Issue 3, 1 September 2018, p. 172-247.

STRUTZEL, Tércio. Presença digital: estratégias eficazes para posicionar sua marca pessoal ou corporativa na web. Rio de Janeiro, RJ: Alta Books, 2015.

TEIXEIRA, César Viana et al. Design e branding: identidade visual, emoção e gestão das marcas Biblioi9 e Mostra Goías. 2014. Disponível em: Acesso em: 20 out. 2018.

THIEL, Peter. De zero a um: o que aprender sobre empreendedorismo com o Vale do Silício. 1 ed. Rio de Janeiro, RJ: Objetiva, 2014.

TYBOUT, Alice M; STERNTHAL, Brian. Posicionamento da marca. In: TYBOUT, Alice M; CALKINS, Tim (orgs.). Branding: fundamentos, estratégias e alavancagem de marcas: implementação, modelagem e checklists: experiências de líderes de mercado. São Paulo, SP: Atlas, 2006.

VÁSQUEZ, Ruth Peralta. Identidade de marca, gestão e comunicação. Organicom, ano 4, n. 7, p. 198-211, 2º semestre de 2007.

VIEIRA, Stalimir. Raciocínio criativo na publicidade. 5. ed. São Paulo, SP: Martins Fontes, 2009.

WHEELER, Alina. Design de identidade da marca: guia essencial para toda a equipe de gestão de marcas. 3. ed. Porto Alegre, RS: Bookman, 2012.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2. ed. Porto Alegre, RS: Bookman, 2001.




DOI: http://dx.doi.org/10.22398/2525-2828.51458-79

A Revista está listada nos seguintes indexadores e repositórios:

LATINDEX: https://www.latindex.org

PORTAL DE PERIÓDICOS CAPES: http://www.periodicos.capes.gov.br

DOAJ - https://goo.gl/f862GM

Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras - http://diadorim.ibict.br/handle/1/1649

Sumarios.org - https://goo.gl/AJe9GY

LatinREV - Rede Latinoamericana de revistas acadêmicas do campo das ciências sociais e humanidades - http://flacso.org.ar/latinrev/ 

REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) - https://www.redib.org/

____________

ESPM Rio
Rua do Rosário 90 - Centro - Rio de Janeiro - 20.041-002 - RJ
revistadcec-rj@espm.br
ISSN 2525-2828 

 

Licença Creative Commons

A Diálogo com a Economia Criativa está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.