Sobre a Revista

Foco e Escopo

A Revista Diálogo tem a missão de publicar artigos científicos, resenhas, entrevistas, artigos técnicos e registros de debates acadêmicos relacionados às áreas de Ciências Sociais Aplicadas (Administração, Comunicação, Design e Economia) e também de Ciências Humanas (Antropologia, Ciência Política, Geografia e Sociologia) que contribuam com o desenvolvimento do conhecimento teórico e metodológico desses campos. Ressalta-se que a Revista se propõe a lançar uma perspectiva interdisciplinar sobre o campo da Economia Criativa. Além disso, visa ampliar as relações entre pesquisadores brasileiros e internacionais por meio do alcance da mídia eletrônica.

 

A Revista Diálogo aceita para publicação trabalhos produzidos por autores nacionais e estrangeiros, membros do corpo docente e discente de IES, que tratem de temas relacionados à Economia Criativa, resultantes de estudos teóricos, pesquisas, reflexões sobre práticas empresariais, debates etc. Os artigos submetidos à revista devem ser inéditos, ou seja, ainda não publicados em nenhum outro periódico ou livro. Aceitam-se trabalhos apresentados ou publicados em anais de eventos científicos. Neste caso, deve-se informar o evento e o ano no momento da submissão.

Encorajam-se publicações nos seguintes temas: 

  • Design de experiência e estratégias de inovação;
  • Economia criativa, desenvolvimento e território; 
  • Gestão estratégica de setores criativos; 
  • Comunicação e marketing de setores criativos;
  • Inteligência competitiva para os setores criativos; 
  • Tecnologia da informação para os setores criativos;
  • Consumo cultural.

 

Processo de Avaliação pelos Pares

O processo de avaliação, inclui as seguintes etapas:

  • Avaliação inicial (desk review) realizada pelos editores visando a adequação do tema do trabalho à Diálogo com a Economia Criativa, sua potencial contribuição para área de estudo e os requisitos formais estabelecidos nas normas de submissão previamente definidos pela revista e uma verificação de plágio. No caso de discordância com as normas de submissão e identificação de plágio, o trabalho é recusado e o(s) autor(es) devidamente informado(s);
  • A segunda etapa constitui-se da avaliação por revisores, quando os trabalhos, sem identificação de autoria, são avaliados por pelo menos dois pareceristas, em double blind review, quanto ao conteúdo e metodologia. Os revisores preenchem um formulário de avaliação onde devem indicar os pontos fortes e fracos dos artigos e indicar sua recomendação (reprovar, devolver para revisões ou aprovar);
  • Caso haja divergências entre os dois pareceristas, é solicitada uma terceira avaliação, também em blind review;
  • Caso os revisores indiquem necessidades de melhorias para a publicação, o trabalho é retornado aos autores, e, após a revisão desses, é novamente encaminhado aos revisores para verificação do cumprimento das solicitações. O resultado da avaliação é comunicado ao(s)autor(es), acompanhado de uma síntese dos pareceres;
  • Na eventualidade de suspeita de plágio ou malversação referente à artigo publicado na revista Diálogo com a Economia Criativa, o Comitê de Ética em Pesquisa ESPM Rio será acionado para referendar a deliberação dos editores, que contará com o apoio do colegiado do Programa de Mestrado Profissional de Gestão da Economia Criativa da ESPM Rio, ou sugerir procedimento que melhor responda à situação que porventura tenha ocorrido.

 

Periodicidade

A Diálogo com a Economia Criativa é uma publicação quadrimestral de trabalhos inéditos, que busca discutir os temas de maior destaque no campo da Economia Criativa, articulando o debate acadêmico e aquele que ocorre no interior das empresas.

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.