Os elos da cadeia produtiva e criativa da quadrilha junina Raio de Sol

Isabela Andrade de Lima Morais, Diego Nélson da Silva

Resumo


Este artigo apresenta e analisa a cadeia produtiva da economia criativa da Quadrilha Junina Raio de Sol com o objetivo de compreender o potencial econômico-criativo dessa cadeia. É um estudo de caso de natureza qualitativa, realizado através de pesquisa de campo através da observação participante e de entrevistas realizadas com atores pertencentes aos elos da cadeia produtiva da Raio de Sol. A abordagem parte da origem da manifestação cultural das quadrilhas juninas no Brasil; caracterização dos festejos juninos; transformações pertencentes ao movimento quadrilheiro no decorrer de seu percurso histórico; a economia criativa existente nos espetáculos e a cadeia produtiva da Junina Raio de Sol. Os resultados apresentam os principais elos da cadeia produtiva e criativa da Quadrilha Junina Raio de Sol.


Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Plano da Secretaria da Economia Criativa: políticas, diretrizes e ações, 2011-2014. Brasília: Ministério da Cultura, 2012.

CASCUDO, Luís da Câmara. Dicionário do folclore brasileiro. 9ª ed. Rio de Janeiro: Ediouro, 1954.

CHIANCA, L. São João na cidade: ensaios e improvisos sobre a festa junina. João Pessoa: Editora da UFPB, 2013.

FONSECA, Regina Célia Veiga da. Metodologia do Trabalho Científico. Curitiba: IESDE Brasil S.A., 2009.

MAANEN, J. V. Reclaimin qualitative methods for organizational research: a preface. Science Quarterly. Vol. 21, n. 4, December, 1979.

MALINOWSKI, Bronislaw. Introdução: objeto, método e alcance desta pesquisa. In. Argonautas do Pacífico Ocidental: um relato do empreendimento e da aventura dos nativos nos arquipélagos da Nova Guiné melanésia. 2ª Ed. São Paulo: Abril Cultural, 1978.

MARCHI, Leonardo de. Análise do Plano da Secretaria da Economia Criativa e as transformações na relação entre Estado e cultura no Brasil. In.: Intercom – RBCC. São Paulo, Vol. 37, N. 01, PP. 195-215, jan/jun 2014.

MENEZES NETO, Hugo. O Balancê no Arraial da Capital: quadrilha e tradição no São João do Recife. Recife: Ed. do Autor, 2009.

PRESTES FILHO, Luiz Carlos. Cadeia Produtiva da Economia do Carnaval. São Paulo: E-paperes, 2009.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani Cezar de. Metodologia do Trabalho cientifico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2a Edição, Nova Amburgo: Universidade Feevale, 2013.

REIS, C. F. Economia Criativa como estratégia de desenvolvimento: uma visão dos países em desenvolvimento, São Paulo: Itaú Cultural, 2008.

SEBRAE. O que é Economia Criativa? Disponível em: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/o-que-e-economia-criativa,3fbb5edae79e6410vgnvcm2000003c74010arcrd. Acesso em: 02 jun. 2016

UNCTAD. Creative Economy Report 2010. United Nations, 2010.

VOLK, S. Economia Criativa. Instituto Brasileiro de Executivos de finanças de São Paulo, 15 abr. 2014. Disponível em: < http://www.ibefsp.com.br/artigos/economia- criativa/>. Acesso em: 02 jun. 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.22398/2525-2828.3872-86

A Revista está listada nos seguintes indexadores e repositórios:

LATINDEX: https://www.latindex.org

PORTAL DE PERIÓDICOS CAPES: http://www.periodicos.capes.gov.br

DOAJ - https://goo.gl/f862GM

Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras - http://diadorim.ibict.br/handle/1/1649

Sumarios.org - https://goo.gl/AJe9GY

LatinREV - Rede Latinoamericana de revistas acadêmicas do campo das ciências sociais e humanidades - http://flacso.org.ar/latinrev/ 

REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) - https://www.redib.org/

____________

ESPM Rio
Rua do Rosário 90 - Centro - Rio de Janeiro - 20.041-002 - RJ
revistadcec-rj@espm.br
ISSN 2525-2828 

 

Licença Creative Commons

A Diálogo com a Economia Criativa está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.