A Feira Agroecológica da Serra da Misericórdia

Rodrigo Rossi Morelato

Resumo


Este texto apresenta comentários quanto à realização da primeira edição de uma feira agroecológica em uma pequena favela localizada nas encostas da Serra da Misericórdia, na Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. Esse precioso espaço de sociabilidade deve ser entendido enquanto uma tática dialógica à sensibilização de questões que atravessam práticas de consumo sustentável protagonizadas por uma “tribo” de relacionamentos: os verdejantes. Fundamentado na etnografia urbana, este relato atravessa a história da constituição da paisagem da cidade, tece comentários sobre um remanescente verde, narra a origem e os medos que atravessam uma comunidade emocional e descreve novas modalidades de consumo

Texto completo:

PDF

Referências


REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

ALTIERI, Miguel. Agroecologia: bases científicas para uma agricultura sustentável. São Paulo, Rio de Janeiro : Expressão Popular, AS-PTA, 2012.

AUTOR

CAIAFA, Janice. A aventura das cidades: ensaios e etnografias. Rio de Janeiro : Editora FGV, 2007.

CAMPOS, Pedro Henrique Pereira. Nos caminhos da acumulação: negócios e poder no abastecimento de carnes verdes para a cidade do Rio de Janeiro (1808-1835). São Paulo : Alameda, 2010

CAVALCANTI, Nereu. O Rio de Janeiro setecentista: a vida e a contrução da cidade da invasão francesa até a chegada da Corte. Rio de Janeiro : Zahar, 2004

CERTEAU, Michel de. A invenção do cotidiano: vol 01 – artes do fazer. Petrópolis : Vozes, 1998

CHAO, Adelaide; MAIA, João. Subúrbio carioca: transformações e fluxos comunicacionais na cidade. Caxias do Sul : Conexão – Comunicação e Cultura, n.15, 2016

CORRÊA, Armando Magalhães. O Sertão Carioca. Rio de Janeiro : Contra Capa, 2017

DEAN, Warren. A ferro e fogo: a história da devastação da Mata Atlântica Brasileira. São Paulo : Companhia das Letras, 2007

CORRÊA, Sílvia Borges ; DUBEX, Veranise Jacubowski Correia. Consumo e sociabilidades na Lavradia, a rua dos antiquários. INTERIN, v. 24, n. 2, jul./dez. 2019

DEL PRIORE, Mary. Histórias da gente brasileira: volume 2: Império. São Paulo : LeYa, 2016

DIEGUES, Antônio Carlos Sant’Ana. O mito moderno da natureza intocada. São Paulo : Hucitec, 2008

DOUGLAS, Mary ; ISHERWOOD, Baron. O mundo dos bens: para uma

antropologia do consumo. Rio de Janeiro : Editora da UFRJ, 2009

FERNANDEZ, Annelise Caetano Fraga. Um Rio de florestas: uma reflexão sobre o sentido da criação de parques na cidade do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro : Revista Estudos de História, vol 24, num 47, 2011

FREIRE, Paulo. Extensão ou comunicação? Rio de Janeiro : Paz e Terra, 1977

GUATTARI, Félix. As três ecologias. Campinas : Papirus, 1990

MAFFESOLI, Michel. A transfiguração do político: a tribalização do mundo. Porto Alegre : Sulina, 1997

___________. O tempo das tribos: o declínio do individualismo nas sociedades de massa. Rio de Janeiro : Forense Universitária, 2004

___________. Saturação. São Paulo : Iluminuras, Itaú Cultural, 2010

MATTOS, Claudermar et al. Território: Região Metropolitana do Rio de Janeiro. IN: Olhares agroecológicos: análise econômico-ecológica de agrossistemas em sete territórios brasileiros. Articulação Nacional de Agroecologia (Brasil). Rio de Janeiro : AS-PTA. Cartilha Produtos da Gente. Rio de Janeiro : AS-PTA, 2015

MBEMBE, Achille. Necropolítica. Revista Artes & Ensaios, n. 32, 2016

ONG, Walter. Oralidade e cultura escrita: a tecnologização da palavra. Campinas, SP

: Papirus, 1998

PERUZZO, Cicília Maria Kroling. Comunicação nos movimentos populares: a participação na construção da cidadania. Petrópolis, RJ : Vozes, 1998

PORTILHO, Fátima. Sustentabilidade ambiental, consumo e cidadania. São Paulo : Cortez, 2010

RIO DE JANEIRO. Parque Madureira: estudo de caso em obras públicas sustentáveis. Rio de Janeiro : Secretaria Municipal de Urbanismo, Infraestrutura e Habitação, 2018

SILVA, Rafael Freitas da. O Rio antes do Rio. Rio de Janeiro : Babilonia Cultural Editora, 2015

SILVA, Uschi Cristina. Rede Carioca de Agricultura Urbana: desafios e possibilidades na construção da agroecologia na cidade. Dissertação : Mestrado em Geografia : UFPE, 2016

SIMAS, Eduardo Nogueira Bello. Tem meio-ambiente na favela? Ambientalismo na Serra da Misericórdia. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais - UERJ), 2007

SODRÉ, Muniz. A ciência do comum: notas para o método comunicacional. Petrópolis (RJ) : Vozes, 2014

WEBER, Max. Metodologia das ciências sociais. São Paulo : Cortez; Campinas, SP : Editora da Unicamp, 2016




DOI: http://dx.doi.org/10.22398/2525-2828.51336-55

A Revista está listada nos seguintes indexadores e repositórios:

LATINDEX: https://www.latindex.org

PORTAL DE PERIÓDICOS CAPES: http://www.periodicos.capes.gov.br

DOAJ - https://goo.gl/f862GM

Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras - http://diadorim.ibict.br/handle/1/1649

Sumarios.org - https://goo.gl/AJe9GY

LatinREV - Rede Latinoamericana de revistas acadêmicas do campo das ciências sociais e humanidades - http://flacso.org.ar/latinrev/ 

REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) - https://www.redib.org/

____________

ESPM Rio
Rua do Rosário 90 - Centro - Rio de Janeiro - 20.041-002 - RJ
revistadcec-rj@espm.br
ISSN 2525-2828 

 

Licença Creative Commons

A Diálogo com a Economia Criativa está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.