Análise do 5º princípio do cooperativismo com foco na educação cooperativa no projeto “Eu + Você = Mundo Melhor”

Caroline Gerhart, Vitor Kocchann Reisdorfer, Marcia Helena dos Santos Bento, Jaime Peixoto Stecca, Fabiana Letícia Pereira Alves Stecca

Resumo


O cooperativismo apresenta-se como um modelo de organização social, com princípios e valores claramente definidos, e que devem ser seguidos por todas as cooperativas. Este estudo traz um breve histórico sobre o movimento cooperativo e seus benefícios para a sociedade, com foco em um destes princípios. Objetivou-se, por meio de uma pesquisa bibliográfica e documental, analisar de que forma o projeto “Eu + Você = Mundo Melhor” está de acordo com o 5º princípio do cooperativismo: educação cooperativa. A base de sustentação teórica está apoiada em Schneider (2010) e Seibel (2001). Conclui-se que o projeto, que já vem sendo desenvolvido há vários anos, está de acordo com o 5º princípio do cooperativismo, adequado aos conceitos e embasado nesse princípio cooperativo.


Texto completo:

PDF

Referências


ANDRIOLI, A. I. Trabalho coletivo e educação. 2. ed. Ijuí: Ed. Unijuí, 2007.

ARENDT, I. C. (Coord.); RAMBO, A. B. (Coord.). Cooperar para prosperar: a terceira via. Porto Alegre: Sescoop, 2012.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Normas Publicadas. Disponível em: . Acesso em 20 jun. 2016.

COTRIPAL. Programa Juntos Somos Mais – Cooperativismo nas Escolas. Disponível em: . Acesso em: 21 maio. 2016. Paginação Irregular.

DUARTE, L. F. D. Da vida nervosa nas classes trabalhadoras urbanas. Rio de Janeiro: Zahar, 1986.

GAWLAK, A.; RATZKE, F. Cooperativismo: primeiras lições. 3. ed. Brasília: Sescoop, 2007.

HOLYOAKE, G. J. Os 28 tecelões de Rochdale. 14. ed. Porto Alegre: Sulina, 2014.

INTERNATIONAL CO-OPERATIVE ALLIANCE. Disponível em: < https://ica.coop/>. Acesso em 13 jun. 2016.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de Pesquisa. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

NEVES, C.; CORRÊA, M. (Org.). Pesquisa social empírica: métodos e técnicas. Cadernos de Sociologia. Porto Alegre: [s.n.],1988. v 9. p 07-09.

PEREIRA, M. G. Artigos científicos: como redigir, publicar e avaliar. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2011.

PORTAL DO COOPERATIVISMO FINANCEIRO. Os 7 princípios do cooperativismo. Disponível em: . Acesso em 25 ago. 2016.

ROSSI¸ A. C. S. Princípios a luz dos princípios Constitucionais. Curitiba: Juruá, 2005.

SAFANELLI, A. S. et al. A educação cooperativa: valorização do ser humano. 2011. Disponível em: . Acesso em 26 out. 2016.

SCHNEIDER, J. O. Educação Cooperativa e suas práticas. 1. ed. São Leopoldo: Unisinos, 2003.

SCHNEIDER, J. O. (Coord.). Educação e capacitação cooperativa: os desafios no seu desempenho. São Leopoldo: Unisinos, 2010.

SEIBEL, I. (Org). Educação Cooperativista: a implantação na Singular. Porto Alegre: WS Editor, 2001. v. 3. (Série Saber/Fazer Unimed – RS)

SEIBEL, I. (Org). Gestão pela Qualidade: a implantação na Singular. Porto Alegre: WS Editor, 2001. v. 4. (Série Saber/Fazer Unimed – RS).

SESCOOP. Cooperativismo. Disponível em: . Acesso em 21 abr. 2016.

WILHELM, E. J. 5º princípio do cooperativismo e sua aplicação no Sicredi Serro Azul. 2009. Dissertação (Pós Graduação em Cooperativismo) – Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões, Cerro Largo, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.22398/2525-2828.3840-52

A Revista está listada nos seguintes indexadores e repositórios:

LATINDEX: https://www.latindex.org

PORTAL DE PERIÓDICOS CAPES: http://www.periodicos.capes.gov.br

DOAJ - https://goo.gl/f862GM

Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras - http://diadorim.ibict.br/handle/1/1649

Sumarios.org - https://goo.gl/AJe9GY

LatinREV - Rede Latinoamericana de revistas acadêmicas do campo das ciências sociais e humanidades - http://flacso.org.ar/latinrev/ 

REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) - https://www.redib.org/

       

____________

ESPM Rio
Rua do Rosário 90 - Centro - Rio de Janeiro - 20.041-002 - RJ
revistadcec-rj@espm.br
ISSN 2525-2828 

 

Licença Creative Commons

A Diálogo com a Economia Criativa está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.