A impressão 3D no mercado de moda: sustentabilidade e desenvolvimento

Patrícia Cristina de Lima, Mariana Gomes Dupont

Resumo


O presente artigo tem como objetivo analisar o setor têxtil apontando as características da Impressão 3D como auxiliar nas mudanças do processo produtivo de moda. A ótica apresentada para este estudo são as questões ambientais e sociais da indústria tradicional e como a tecnologia vem se apresentando com aliada nas respostas que a indústria precisa dar aos seus consumidores. Um dos resultados encontrados é que a pressão social tem feito marcas mudarem seus posicionamentos, assim como desenvolvedores tem buscado pensar em formas alternativas de produção. O dualismo consumo rápido versus sustentabilidade se apresenta como constante. A tecnologia foca seus esforços no desenvolvimento de matéria-prima, enquanto a impressão 3D se apresenta como alternativa aplicável na confecção.


Texto completo:

PDF

Referências


ABDI. Boletim de acompanhamento setorial. Disponível em http://www.abdi.com.br/paginas/estudoNew.aspx. Acesso em 10 de ago, de 2017.

ABIT. Têxtil e confecção: inovar, desenvolver e sustentar. Disponível em http://www.abit.org.br/adm/Arquivo/Servico/114256.pdf. Acesso em 10 de ago. de 2017.

ABVTEX. Estudos de mercado. Disponível em http://www.abvtex.org.br/estudos-de-mercado/. Acesso em 10 de ago. de 2017.

ANDERSON, C. A cauda longa. São Paulo: Elsevier, 2006.

ARAÚJO, A. Marketing ecológico e logística reversa: Os avanços do mundo da moda no contexto da sustentabilidade. Trabalho de Conclusão de Curso em Administração. UEPB. Campina Grande, 2016.

ARAÚJO, M; RIBEIRO, S; BROEGA, C. Marcas De Moda Sustentável: A importância das mídias sociais na aproximação com o público. CINM, Congresso Internacional de Moda. Porto, Portugal, 2016. Disponível em http://repositorium.sdum.uminho.pt/handle/1822/43089. Acesso em 12 de set. de 2017.

AZEVEDO G. A indústria têxtil brasileira: desempenho, ameaças e oportunidades. Dissertação de mestrado em Administração. UFRJ. Rio de Janeiro, 1997.

FAB LAB Universidade Reysons. Projeto Startup Stefanakou. Canadá, 2017. Disponível em http://dfz.ryerson.ca/portfolio/stefanakou/. Acesso em 20 de set. de 2017.

GALLELI, B; SUTTER, M; MACLENNAN, M; POLO, E; CORREA, H. Sustentabilidade na moda brasileira: oportunidades e desafios no mercado internacional. São Paulo: Engema, 2017.

GIL, A. C. Como Elaborar Projetos de Pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GORINI, A. Panorama do setor têxtil no Brasil e no mundo: restruturação e perspectiva. BNDES. Disponível em https://web.bndes.gov.br/bib/jspui/?locale=pt_BR. Acesso em 21 de set. de 2017.

IEMI. Comércio Internacional Têxtil Brasileiro. Disponível em http://www.iemi.com.br/comercio-internacional-textil-brasileiro/. Acesso em 04 de nov. de 2017.

KOTLER, P. Marketing 4.0. São Paulo: Editora GMT, 2017.

KUHN R; MINUZZI R. Panorama da impressão 3D no design de moda. Revista Moda documenta: Museu, Memória e Design. Nº 1. 2015. Disponível em http://www.modadocumenta.com.br/anais/anais/5-Moda-Documenta-2015/02-Sessao-Tematica-Design-Moda-e-Cultura-Digital/Renato-Kuhn_ModaDocumenta2015_PANORAMA-DA-IMPRESSA_O-3D-NO-DESIGN-DE-MODA.pdf. Acesso em 10 de set. de 2017.

___________________. Uma introdução à impressão 3d no design de moda: as primeiras peças e a chegada às passarelas. Encontro nacional de pesquisa em moda, 2016. Disponível em http://www.feevale.br/Comum/midias/bce55687-76fd-4bf5-812a-6d4bbe2be9e5/UMA%20INTRODU%C3%87%C3%83O%20%C3%80%20IMPRESS%C3%83O%203D%20NO%20DESIGN%20DE%20MODA%20AS%20PRIMEIRAS%20PE%C3%87AS%20E%20A%20CHEGADA%20%C3%80S%20PASSARELAS.pdf. Acesso em 09 de ago. de 2017.

MONTEIRO, M. A impressão 3D no meio produtivo e o design: um estudo na fabricação de joias. Dissertação de mestrado em Engenharia de Produção. UEMG. Belo Horizonte: 2015.

NUNES, B. Impressão 3D: mapeamento de problemáticas. Trabalho de Conclusão de Curso em Direito. FGV. Rio de Janeiro, 2016.

REVISTA GALILEU. Escravos da moda: os bastidores nada bonitos da indústria fashion. Disponível em http://revistagalileu.globo.com/Revista/noticia/2016/06/escravos-da-moda-os-bastidores-nada-bonitos-da-industria-fashion.html. Acesso em 06 de nov. de 2017.

RECUERO, R. Redes Sociais na internet. São Paulo: Editora Meridional, 2009.

RIBEIRO, W. Estudo de caso sobre o impacto ambiental causado por uma lavanderia de jeans na cidade de Caruaru-PE. Trabalho de conclusão de Curso em Geografia. UEPA. Campina Grande, 2016.

SANTORO, M; MERLO, M. Importação de têxteis no Brasil: um olhar para o mercado da moda. Revista FAE , Curitiba , v. 15, n. 1, p. 78-97, jan./jun. 2012.

ZATTA, A; Tecnologias que influenciam no processo de concepção do design para a indústria da moda: Projeto meg - um estudo de caso. Dissertação de pós-graduação. UNESP. Bauru, 2013.

TAKAGAKI L.K; Tecnologia de Impressão 3d. Revista Inovação Tecnológica. São Paulo, v.2, n.2, p.2840, jul./dez.2012. Disponível em: < http://www.faculdadeflamingo.com.br/ojs/index.php/rit/article/view/54/71>




DOI: http://dx.doi.org/10.22398/2525-2828.38102-116

A Revista está listada nos seguintes indexadores e repositórios:

LATINDEX: https://www.latindex.org

PORTAL DE PERIÓDICOS CAPES: http://www.periodicos.capes.gov.br

DOAJ - https://goo.gl/f862GM

Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras - http://diadorim.ibict.br/handle/1/1649

Sumarios.org - https://goo.gl/AJe9GY

LatinREV - Rede Latinoamericana de revistas acadêmicas do campo das ciências sociais e humanidades - http://flacso.org.ar/latinrev/ 

REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) - https://www.redib.org/

       

____________

ESPM Rio
Rua do Rosário 90 - Centro - Rio de Janeiro - 20.041-002 - RJ
revistadcec-rj@espm.br
ISSN 2525-2828 

 

Licença Creative Commons

A Diálogo com a Economia Criativa está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.