O desenho animado rotoscópico e o Vale da Estranheza: vícios e soluções

Mariana Lopes Fogo, José Roberto de Melo Franco Júnior

Resumo


O escopo desta pesquisa foi o desenho animado rotoscópico. A rotoscopia é uma técnica em que os quadros da animação são produzidos pelo decalque dos quadros de filmagem live
action. Ela é utilizada desde o início do século XX pela produtividade e pelo auxílio à obtenção de movimentos mais realistas e convincentes. Vícios característicos ocorrem pela
sua relação com o Vale da Estranheza, pois as animações rotoscópicas tendem a ser tão realistas que provocam incômodo no espectador. A seletividade e interpretação do artista
animador são imprescindíveis para que a animação seja mais empática. Neste estudo exploratório, ineditamente os vícios e as conjecturas de como os resolver, que antes se
encontravam dispersos na bibliografia, foram reunidos e elencados. Os vícios foram exemplificados por meio da análise de um trecho de filme. Para demonstrar as conjecturas,
produzimos três novas animações. Também foram descritas as técnicas usadas para minimizar ou eliminar os vícios.

Texto completo:

PDF

Referências


AMTOWER, L. Uncanny – Nota de aula de 2011. WEB Archive, 2020. Disponível em:

https://web.archive.org/web/20110714192553/http://www-

rohan.sdsu.edu/~amtower/uncanny.html. Acesso em: 09 nov. 2021.

ARNHEIM, R. Arte e percepção visual. São Paulo: Cengage Learning, 2019.

BRANCA DE NEVE E OS SETE ANÕES. Direção de David Hand. Produção de Walt

Disney Productions. Estados Unidos: Buena Vista Film Distribution Co., 1937.

BEANE, A. 3D animation essentials. Indiana: John Wiley & Sons, Inc., 2012.

PRINCIPLES OF ANIMATION. 1 vídeo (24 min.). Alan Becker Tutorials, YouTube,

Disponível em: https://youtu.be/uDqjIdI4bF4. Acesso em: 7 jun. 2021.

BOULDIN, J. Cadaver of the real: animation, rotoscoping and the politics of the body.

Animation Journal, v. 12, p. 7-31, 2004.

TAP WARI ANIMAÇÃO JAPONESA #1. 1 vídeo (9 min.). DokiDoki Drawing, YouTube,

Disponível em: https://youtu.be/mF-LpcXou6w. Acesso em: 7 jun. 2021.

FLEISCHER, R. Out of the inkwell: Max Fleischer and the animation revolution. Lexington:

University Press of Kentucky, 2005.

FLEISCHER, M. Method of producing moving picture cartoons. US1242674A, 1917.

Disponível em: https://patents.google.com/patent/US1242674A/en. Acesso em: 09 nov. 2021.

GOMBRICH, E. H., Arte e Ilusão: um estudo da psicologia da representação. São Paulo:

Martins Fontes, 1986.

IMGUR. Image Guru Site. Disponível em: https://imgur.com/a/6WEd7. Acesso em: 7 jun. 2021.

JENTSCH, E. On the psychology of the Uncanny. 1906. Disponível em:

http://www.art3idea.psu.edu/locus/Jentsch_uncanny.pdf. Acesso em: 7 jun. 2021.

LEVITAN, E. L. Animation Art in the commercial film. New York: Reinhold Publishing

Corporation, 1960.

LUZ, F. S. B. C. O Movimento na animação: para uma reclassificação digital. Tese

(Doutorado em Ciências da Comunicação) – Faculdade de Ciências Sociais e Humanas,

Universidade Nova de Lisboa, Lisboa, 2013.

MACDORMAN, K. F.; KAGEKI, N. The Uncanny Valley: the original essay by Masahiro

Mori. IEEE Spectrum, 2012. Disponível em: https://spectrum.ieee.org/the-uncanny-valley.

Acesso em: 7 jun. 2021.

STANCHFIELD, W. Dando vida a desenhos: os anos de ouro das aulas de animação na

Disney. Vol. 1. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011.

TEIXEIRA, P. M. A representação emocional da personagem virtual no contexto da

animação digital: do cinema de animação aos jogos digitais. Tese (Doutorado em Ciências

da Comunicação Especialidade de Comunicação Audiovisual) – Instituto de Ciências Sociais,

Universidade do Minho, Braga, 2013.

THOMAS, F.; JOHNSTON, O. The illusion of life. New York: Disney Editions, 1981.

TRADITIONAL ANIMATIONS. Winnie The Pooh – Model Sheets. Disponível em:

https://www.traditionalanimation.com/winnie-the-pooh-model-sheets/. Acesso em: 7 jun.

ULTIMATE IRON GIANT. Model sheets & keys. Disponível em: http://ultimateirongiant.com/model/model.php Acesso em: 7 jun. 2021.

WALDEN, K. L. Double take: rotoscoping and the processing of performance. Refractory -

Journal of Entertainment Media, núm.14. dez., 2008.

TRADITIONAL ANIMATIONS. Winnie The Pooh – Model Sheets. Disponível em:

https://www.traditionalanimation.com/winnie-the-pooh-model-sheets/ Acesso em: 7 jun.

WARD, P. ―I was dreaming i was awake and then I woke up and found myself asleep‖:

dreaming, spectacle and reality in Walking Life. In.: KING, G. (Ed.). Spectacle of real: from

Hollywood to 'reality' tv and beyond. Bristol: Intellect, 2005, p. 161-172.

WILLIAMS, R. Manual de animação. São Paulo: Editora Senac, 2016.

WILLIAMS, R. The animator's survival kit. New York: Faber and Faber, 2001.




DOI: http://dx.doi.org/10.22398/2525-2828.61843-77

A Revista está listada nos seguintes indexadores e repositórios:

LATINDEX: https://www.latindex.org

PORTAL DE PERIÓDICOS CAPES: http://www.periodicos.capes.gov.br

DOAJ - https://goo.gl/f862GM

Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras - http://diadorim.ibict.br/handle/1/1649

Sumarios.org - https://goo.gl/AJe9GY

LatinREV - Rede Latinoamericana de revistas acadêmicas do campo das ciências sociais e humanidades - http://flacso.org.ar/latinrev/ 

REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) - https://www.redib.org/

____________

ESPM Rio
Rua do Rosário 90 - Centro - Rio de Janeiro - 20.041-002 - RJ
revistadcec-rj@espm.br
ISSN 2525-2828 

 

Licença Creative Commons

A Diálogo com a Economia Criativa está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.