Animação pixillation: registro de seres e objetos enfeitiçados

Marina Teixeira Kerber

Resumo


Na técnica de animação pixillation, a possibilidade de atribuir movimentos impossíveis a seres vivos e a objetos cotidianos constitui o mecanismo mágico da animação. Neste trabalho disserto sobre conceitos encontrados na literatura sobre a técnica citada, aponto conexões entre a animação brasileira e a canadense utilizando o pixillation como ponto de partida, e, por fim, traço reflexões sobre as especificidades deste processo de animação e suas manifestações na produção midiática. Para isso, listo e comento diversos materiais audiovisuais que encontrei durante minha pesquisa de mestrado[1], como: Animando (Marcos Magalhães, 1983), Neighbours (Norman McLaren, 1952), Meat Love(Jan Svankmajer, 1989), entre outros. Também insiro na discussão trechos de entrevistas que fiz com profissionais e estudiosos de animação, como: Donald McWilliams, Marcos Magalhães e PES.

[1] KERBER, Marina Teixeira. Magia e Animação: pixillation, seres vivos e objetos cotidianos. Universidade de São Paulo, São Paulo: 2016.


Texto completo:

PDF

Referências


BARTHES, Roland. A câmara clara: nota sobre a fotografia. Rio de Jsneiro: Nova Fronteira, 1984.

DICIONÁRIO Brasileiro inglês-português. Englewoos Cliffs, New Jersey: Prentice-Hall, Inc., 1987.

GASEK, Tom. Frame-by-frame stop motion: the guide to non-traditional animation techniques. Oxford ; Waltham, MA : Elsevier/Focal Press, 2012.

HARRYHAUSEN, Ray; DALTON, Tony. A century of model animation: from Méliès to Aardman. London: Aurum, 2008.

KERBER, Marina Teixeira. Magia e Animação: pixillation, seres vivos e objetos cotidianos. Universidade de São Paulo, São Paulo: 2016.

LAYBOURNE, Kit, The Animation Book. USA: Crown Publishers Inc., 1979.

MACHADO, Arlindo. Pré-cinemas & pós-cinemas. Campinas: Editora Papirus, 2011.

MAGALHÃES, Marcos. Norman McLaren e a Animação brasileira. Entrevista feita por Marina Teixeira Kerber. In. Revista Movimento. 4ª edição. Setembro de 2015 (85-90).

MCLAREN, Norman. Some notes on stop motion live-actor technique (1952). In:______ Technical notes by Norman McLaren (1933-1984). Documento do arquivo da National Film Board of Canadá.

MCWILLIAMS, Donald. Entrevista feita por Marina Teixeira Kerber em 11 de novembro de 2015. Montreal, Canadá.

MCWILLIAMS, Donald. Norman McLaren on the Creative Process. Canadá: National Film Board of Canada, 1991.

MORENO, Antonio. A animação brasileira no período 1970-1995. In: Filme Cultura, Rio de janeiro, n. 60, julho, Agosto, Setembro 2012. (p. 21-26)

MORENO, Antônio. A experiência brasileira no cinema de animação. Rio de Janeiro: Artenova/ Embrafilme, 1978.

ON OBJECTS // K PŘEDMETŮM postado na página de JAN SVANKMAJER na rede social Facebook em 5 de abril de 2016.

https://www.facebook.com/28915383272/videos/10154285428853273/ Acesso em 30 de maio 2021.

PATMORE, Chris. The complete animation course. New York: Barron's, 2003.

PES. Entrevista feita por Marina Teixeira Kerber em 25 de setembro de 2015. Montreal, Canadá.

PURVES. Barry J. C. Stop motion: passion, process and performance. Oxford, UK; Burlington, MA : Focal Press, 2008.

RUSSETT, Robert; STARR, Cecile. Experimental Animation. Nova York: Van Nostrand Reinhold Company, 1976.

WELLS, Paul. Understanding animation. 1. ed. Londres: Routledge, 1998.




DOI: http://dx.doi.org/10.22398/2525-2828.61878-93

A Revista está listada nos seguintes indexadores e repositórios:

LATINDEX: https://www.latindex.org

PORTAL DE PERIÓDICOS CAPES: http://www.periodicos.capes.gov.br

DOAJ - https://goo.gl/f862GM

Diadorim - Diretório de Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras - http://diadorim.ibict.br/handle/1/1649

Sumarios.org - https://goo.gl/AJe9GY

LatinREV - Rede Latinoamericana de revistas acadêmicas do campo das ciências sociais e humanidades - http://flacso.org.ar/latinrev/ 

REDIB (Red Iberoamericana de Innovación y Conocimiento Científico) - https://www.redib.org/

____________

ESPM Rio
Rua do Rosário 90 - Centro - Rio de Janeiro - 20.041-002 - RJ
revistadcec-rj@espm.br
ISSN 2525-2828 

 

Licença Creative Commons

A Diálogo com a Economia Criativa está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.